quarta-feira, 24 de março de 2010

BARRO BARRENTO!


QUERIA SER ALGO QUE NUNCA FUI,
QUERIA SER ÁGUIA
E SOU GALINHA.


QUERIA ATRAVESSAR

MARES, OCEANOS,

CORRER PELOS CAMPOS

E NUNCA SAÍ DO CHÃO!


SOU BARRO BARRENTO

E NUNCA SAÍ DO CHÃO!

A CHUVA ME LAVA

O BARRO ME SUJA.


ASSIM VAI,

ASSIM VEM

NEM PROCESSO

E RETROCESSO

A CHUVA ME LAVA

O BARRO ME SUJA.





ISSIS ANTUNES