quarta-feira, 21 de abril de 2010



QUE MADRUGADA!!!

MADRUGADA FRIA

O VENTO SOPRAVA

SEUS LAMENTOS

E VOCE AQUI DENTRO

NÃO SE CALAVA!

FALAVA MAIS E MAIS

E MUITO MAIS ME FERIA

COM SUAS PALAVRAS CORTANTES

TÃO CORTANTES QUANTO

O SOPRO DO VENTO LÁ FORA

NOITE FRIA E TRISTE FICOU O MEU CORAÇÃO

COM TANTO PALAVRÃO

E VOCE QUE ME DIZ COISAS LINDAS

ME FERIA MUITO MAIS

COM OS AÇOITES DA SUA LINGUA FERINA

SE ESTÁS MAGOADO, SABES O LUGAR CERTO

ONDE ME FERIR,

ME MAGOA , ME FAZ CHORAR E AINDA DIZ ME AMAR

LÁ FORA O VENTO CHORAVA E LAMENTAVA,

AQUI DENTRO DESSAS PAREDES FRIAS VOCE ME AÇOITAVA.

DOIA MUITO , TAPEI OS OUVIDOS,

PARA TENTAR NÃO GRITAR

E NÃO QUERER ESCUTAR

COISAS QUE NÃO CONSEGUIA ACREDITAR

TANTA VIOLÊNCIA SEM RAZÃO DE SER

REZEI MUITO PRA VOCE PARAR

ATÉ QUE CONSEGUI DORMIR EM MEIO AO CANSAÇO

E ASSIM FEZ-SE O SILENCIO!

OUVIA-SE APENAS O VENTO LÁ FORA

E O SEU RONCO AQUI DENTRO!!

TENHAM UMA ÓTIMA TARDE!!!
ISSIS ANTUNES